A importância de uma boa formação de preço para o seu negócio

A importância de uma boa formação de preço para o seu negócio

Uma das maiores dificuldades encontradas pelas micro e pequenas empresas é a formação de preço dos produtos ou serviços oferecidos. Diversas vezes vivenciamos situações onde o empresário poderia ter uma margem de lucro maior, mas por motivos como desconhecimento de métodos para formação do preço, dedicação exclusiva à operação da empresa e ausência de análise de custos, não consegue enxergar oportunidades que lhe trariam melhores resultados.

Há casos que a empresa paga pelo que vende, ou seja, quando era para obter lucro com a mercadoria, ela tem prejuízo. Não foram poucas experiências nesse sentido e precisei de muito poder de convencimento e, principalmente, papel e caneta na mão para justificar minha posição. 

É comum encontrar no mercado os que formam seus preços com base em, apenas, parte dos seus custos, como, por exemplo, o preço da mercadoria adquirida, frete e impostos. Ainda em relação a impostos, chama atenção, principalmente, mercadorias com substituição tributária que, constantemente, são desconsideradas pelos empresários, causando a eles “margem de prejuízo”, quando deveria ser de lucro. E, para concluir, temos aqueles que trabalham com os chamados preços subjetivos, ou seja, aplica-se um percentual fixo a todas as mercadorias para que se forme o preço final.

Essa é uma realidade que precisa ser mudada, e os empresários precisam ultrapassar essa barreira, modernizando sua gestão e ampliando seu conhecimento.

Por onde começar

O caminho é simples, mas vai exigir muita dedicação para fazer um diagnóstico detalhado de todos os custos. Essa é a parte mais importante para formação do preço. Funciona mais ou menos como se fizesse um check-up da empresa, esmiuçando cada item, avaliando com muito critério e colocando uma lupa nas contas, com pessoal dedicado a esse assunto e com conhecimento para chegar ao melhor e mais justo preço. 

Preço justo

Com o levantamento de todos os custos e despesas, uma etapa será vencida e você conseguirá encontrar um preço justo, que atenda ao mercado consumidor tanto quanto a sustentabilidade econômica da sua empresa. Por mais que os clientes ainda tenham no preço o diferencial para compra, esse quesito não pode colocar em risco o seu negócio. Atenção aos seus custos e despesas, eles farão toda diferença no preço final.

O mercado

Não podemos deixar de fora o preço que o mercado está ofertando seus produtos e/ou serviços. Mas muita calma nessa hora. Sendo generalista, imaginemos que você tenha um custo fixo (vou me ater a esse custo) de R$ 5.000,00 e seu concorrente tenha um custo fixo de R$ 2.000,00. Será que teria condições de praticar o mesmo preço desse concorrente?

Comece a partir de agora fazendo uma profunda reflexão sobre os preços que vem praticando, os resultados que vem obtendo e veja se seus objetivos estão sendo alcançados.

Até a próxima.

Rogério Braga
Consultor Empresarial
contato@adicaoconsultoria.com.br