Mercado Imobiliário: Como anda o seu Marketing Digital?

Mercado Imobiliário: Como anda o seu Marketing Digital?

Como prometi no artigo anterior, hoje trarei a minha percepção de como o mercado Imobiliário vem se relacionando com os novos canais, novas mídias e clientes. Relatarei aqui a minha experiência nesse mercado que convivo desde o início da vida profissional e a quem quero retribuir tudo o que aprendi.

Se por acaso a sua empresa e/ou equipe já trabalham dentro do que entendo como melhores práticas, deixo os meus Parabéns!!! 

Agora, se essas ações e estratégias, que considero importantes, não estão sendo aplicadas e o comportamento continua o mesmo, fique atento e reflita sobre o que apresento neste artigo, que espero, seja útil para o seu negócio. 

Vender! Vender! Vender! 

Quando eu faço uma primeira reunião com o cliente e pergunto: “Qual o seu objetivo? Como posso ajudá-lo? A primeira resposta é sempre essa: VENDER! Muitas vezes a última também! Só que não podemos esquecer que o concorrente dele também quer vender.

Sabemos que dependendo do mercado uma venda pode demorar 6 meses ou até um ano para se realizar e durante esse tempo não podemos nos dar ao luxo de ficar esperando confortavelmente no salão refrigerado a concretização da venda. 

Então me diga: Como e o que você tem feito para alcançar esse objetivo? Como está a presença Digital da sua empresa? Como vem destacando os seus diferencias competitivos diante do concorrente? Como o seu concorrente vem trabalhando? Como o Marketing Digital vem ajudando a melhorar os resultados da empresa? Como vem desenvolvendo a sua equipe? 

Não é incomum ouvir que a equipe trabalha de domingo a domingo, que anuncia nos portais ou que tem um Facebook, um Instagram e por ai vai. Mas como vem fazendo esse trabalho? Com que frequência vem atualizando?

Existem muitas formas de manter contato com os seus leads aplicando estratégias de Marketing Digital e saber aproveitá-las trará muitos benefícios para a sua Imobiliária. Todo planejamento que faço para o mercado imobiliário envolvo esses 4 pilares que considero importantes para o Marketing Digital Imobiliário

> Portais, Redes Sociais, Google e E-mail Marketing

Vamos por parte….

> Portais

Quem nunca pensou? “Quem está ligando ou mandando e-mail é um outro corretor querendo opcionar ou que já tem um comprador para esse imóvel” 

Te entendo e sei que esse “cliente interessado” pode ser um concorrente. Se focarmos apenas nisso e mantivermos essa crença limitante que muitas vezes não podemos comprovar, perderemos tempo, o cliente procurará outra imobiliária e correremos o risco de perder grandes oportunidades. 

Vamos mudar esse pensamento? E se for um cliente? 

Vamos focar no seu negócio e entender como o portal pode ser importante para o seu mix de marketing.

Sabemos que o novo “classificados” é digital. Nos portais podemos encontrar as ofertas que buscamos de forma ordenada com fotos e espaço para falarmos com a imobiliária ou construtora. Procure atualizar as ofertas, escolha as melhores fotos, de preferência na posição horizontal e bem iluminadas, explore no texto todas as informações sobre o imóvel e destaque o que ele tem de melhor. Isso não é bom só para o comprador, mas principalmente para o vendedor. 

Você tem respondido a essa demanda? Quanto tempo leva para responder ao e-mail de um potencial cliente?

Tente conhecer quais são os seus desejos e sonhos, o que o motiva a comprar o imóvel, alinhe as expectativas e busque atraí-lo para a imobiliária ou para uma visita. Isso vocês sabem fazer melhor do que ninguém!!! O que não podemos fazer é deixar de responder.

> Redes Sociais:

Quantas pessoas você conhece que entram nas redes sociais com o seguinte pensamento: “Hoje eu vou entrar no Facebook, no Twitter ou no Insta pra comprar um imóvel” ???

Eu não conheço nenhuma. Então se você está usando as redes sociais apenas para vender, você está usando mal. Não posso fazer anúncio no Facebook? Pode, claro, mas não é só de ofertas que este cliente precisa. Nas redes sociais as pessoas buscam relacionamento. Você já identificou a sua persona? Sabe o que ela precisa? O que está buscando? Que informações seriam importantes para ela antes de comprar um imóvel? 

Leve conteúdo para esse cliente, faça com que ele te identifique como uma autoridade no mercado e tenha certeza que quando ela estiver no nível de compra do funil de vendas é com você que vai comprar.

> Google:

No Google as pessoas não estão buscando relacionamento, estão buscando produtos, serviços ou informação. Como anda a otimização do seu Site? Você está bem posicionado nos buscadores? 

É muito comum ouvir do cliente: “Não estou podendo gastar” Eu sempre digo para ele: “Que bom, então vamos investir”. 

É exatamente assim que eu entendo, investimento.

Trabalhei durante um ano numa empresa de tecnologia que tinha como seu principal produto a criação de campanhas de AdWods (links patrocinados). E aprendi que quando você estrutura bem essa campanha, com palavras-chave assertivas, trabalhando eficazmente a geolocalização, o resultado aparece. É bem verdade que esse mercado possui grandes anunciantes como os portais, que já investem muito no Google, mas se trabalharmos de forma inteligente, com boas estratégias e técnicas de SEO/ SEM e investindo em nichos ou ofertas diferenciadas, alcançaremos os objetivos buscados pelas imobiliárias. 

> E-mail Marketing

Sabe aquela lista de e-mails que você coletou num lançamento, atendimento na imobiliária ou evento da empresa, para manter contato posteriormente e nunca mais enviou nada para esses leads? Esses serão os primeiros a serem trabalhados.

Vamos preparar um e-mail simples, com um template leve, agradável, apresentando um novo empreendimento ou até mesmo algumas ofertas com a intenção inicial de medirmos a receptividade do e-mail. 

Depois podemos manter um contato com novas informações de lançamentos, ações promovidas pela imobiliária ou construtora etc. 

Ao mesmo tempo lançaremos algumas estratégias para captação de novos leads com landing page, ofertas de produtos e serviços, vídeos, manuais etc. Lembrando sempre de avaliar e classificar em que etapa do funil eles se encontram, para não perdermos tempo com ações equivocadas.

Vamos nutrir esses leads, entender suas reais necessidades e tratar o todo individualmente. 

Essas são algumas dicas que compartilho com vocês na esperança de ter contribuído para começarmos a pensar digitalmente e entender este novo cliente que tem em suas mãos e os meios para buscar e decidir pela compra. 

No próximo artigo vamos falar de vídeos, lives, métricas e Inbound Marketing

Até breve!!

Rodrigo Braga
Empreendedor Digital